Campanha de oração ajuda a salvar cerca de 300 bebês de serem abortados, nos EUA
25/10/2019 18:58 em Mundo

Quase 300 mulheres optaram por não fazer um aborto graças ao trabalho de voluntárias do 40 Days for Life (40 Dias de Oração), a campanha anual que envolve oração, jejum e vigília pacífica fora das clínicas de aborto.

Até domingo (20), 296 bebês por nascer haviam sido salvos do aborto, segundo o blog 40 Days for Life.

A campanha começou no dia 25 de setembro e vai até o dia 3 de novembro. É o maior de todos os 40 dias da vida, com voluntários participando de 505 cidades e 30 países.

O blog 40 Days for Life relata histórias cheias de esperança da campanha.

Em Portland, Oregon, uma mãe que já teve dois filhos, com idades entre 9 e 11 anos, viajou para a clínica de aborto para abortar.

"Eu sabia que ela estava muito insegura sobre o que iria fazer", disse Carissa, uma voluntária do 40 Days for Life. "Eu me aproximei dela e disse que estávamos aqui por ela e a amamos, [falamos] que tínhamos ajuda para ela e dei um abraço."

A mãe aceitou os recursos de Carissa e saiu da clínica

"Por favor, mantenha os dois em oração", Carissa pediu.

Em Hollywood, na Flórida, o proprietário de uma casa adjacente à clínica de aborto é pró-vida e permite que os manifestantes usem sua propriedade. Isso também permite que os voluntários orem e observem as duas entradas da instalação.

Polícia

A ação pró-vida fez o dono da clínica chamar a polícia.

"Dois policiais foram enviados para falar conosco", disse Nancy, voluntária do 40 Days for Life. "Os policiais não poderiam ter sido melhores."

Uma vitória ainda maior ocorreu quando uma jovem grávida mudou de ideia depois de ouvir as voluntárias pacíficas e ver seus argumentos pró-vida.

Ela sorriu, acenou e disse a eles: "Você não precisa se preocupar comigo, eu vou ficar com meu bebê!"

A campanha 40 Dias pela Vida, em 2009, resultou em Abby Johnson, ex-diretora de uma clínica da Planned Parenthood, saindo e ingressando no movimento pró-vida. Sua história foi recontada no filme Unplanned.

Fonte: Guia-Me

COMENTÁRIOS