MENU
Mais de 700 migrantes aceitaram Jesus através de Igreja na Coreia do Sul
03/07/2023 18:53 em Igreja

Uma igreja presbiteriana na Coreia do Sul se espalhou por todo o país e ainda plantou igrejas em países da Ásia, como Emirados Árabes, Vietnã, China, Japão, também Oceania e América do Norte, conforme o Evangelical Focus.

Os trabalhos são liderados pelo pastor Jae-hoon Lee que compartilha sobre a estratégia missional bem implementada: “Os programas são diversos e organizados em 14 ministérios, com orientação focada para Famílias, Pequenos Grupos, Missão Estrangeira, Estudantes e Jovens, Ministério de Mídia, Justiça Social, Discipulado, Ministério de Mulheres, Adoração, Pessoas com Desafios Especiais, Evangelismo, Próxima Geração, Cuidado Pastoral e Restauração e Missão Mundial”.

O número de funcionários em tempo integral que a igreja mantém dentro e fora do país é de 2.536 pessoas servindo na Coreia em 158 equipes, 427 pessoas no exterior em 50 equipes e 16 pessoas ativas online.

Evangelização mundial

O pastor Lee conta que mais de 700 migrantes encontraram a fé em Jesus através deste ministério nos últimos anos. “Trinta deles foram treinados como missionários aqui e enviados de volta para 13 países”.

“Isso completa o ciclo missionário da visão da igreja: as pessoas são abordadas em suas necessidades específicas, conduzidas a Jesus, feitas discípulos e então enviadas como missionárias ao mundo”, continuou.

“Na Onnuri, o trabalho da igreja é sempre feito sob a perspectiva da missão mundial”, explica o pastor ao compartilhar que, no próximo ano, o Movimento Lausanne estará com a Onnuri para que se juntem a outras igrejas na Ásia, enquanto organizam o Quarto Congresso Lausanne sobre Evangelização Mundial.

“Sem dúvida, será uma grande oportunidade para o mundo evangélico aprender coisas essenciais desta congregação que respira missão de forma muito consciente”, concluiu.

Fonte: Guiame com informações de Evangelical Focus

COMENTÁRIOS