Tiroteio em Igreja Presbiteriana na Califórnia deixa 1 morto e 4 feridos
16/05/2022 14:54 em Crime

Pelo menos uma pessoa está morta e quatro estão gravemente feridas após um tiroteio no domingo (15) em uma igreja em Laguna Woods, na Califórnia.

O tiroteio aconteceu na Igreja Presbiteriana Geneva durante um almoço para homenagear o antigo pastor de uma congregação de Taiwan, que usa a igreja para fazer seus cultos, de acordo com Tom Cramer, líder do Presbitério.

Segundo informações da polícia, todas as vítimas feridas no tiroteio são idosos. Entre eles estão quatro homens asiáticos, de 66, 75, 82 e 92 anos, e uma mulher asiática de 86 anos.

“Uma vítima morreu no local”, informou no Twitter o Departamento do Xerife do Condado de Orange, que ainda não revelou sua identidade e idade.

O suspeito foi detido no local depois que um grupo de pessoas na igreja conseguiu amarrar suas pernas com um cabo de extensão e confiscar pelo menos duas armas dele, disse o presbítero Hallock.

“Esse grupo de fiéis mostrou um heroísmo excepcional ao interferir ou intervir para deter o suspeito”, disse Hallock, de acordo com a CNN.

O suspeito está sob custódia da polícia, disse o subxerife do condado de Orange, Jeff Hallock, a repórteres na noite de domingo. De acordo com o presbítero Hallock, ele é um homem asiático na casa dos 60 anos que não mora na área.

A investigação busca saber se ele tem alguma conexão com a igreja ou seus fiéis e ainda não determinou qual a motivação do crime.

Cerca de 30 a 40 pessoas estavam presentes na recepção, de acordo com Hallock.

Autoridades reagem

O governador da Califórnia, Gavin Newsom, se pronunciou no Twitter após o tiroteio: “Ninguém deve ter medo de ir ao seu local de culto. Nossos pensamentos estão com as vítimas, a comunidade e todos os afetados por este trágico evento”.

A congregação taiwanesa, que se tornou uma congregação irmã da Igreja Presbiteriana Geneva cerca de cinco ou seis anos atrás, sempre realiza um almoço após o culto de domingo de manhã, disse a prefeita pro tempore de Laguna Woods, Cynthia Conners, à CNN.

“Vamos ver o que podemos fazer para nos encontrar com os membros da congregação, vamos trazer alguém da Comissão de Direitos Humanos do Condado de Orange e tentar garantir que os membros asiáticos de nossa comunidade se sintam o mais seguros possível”, disse Conners.

O governo de Taiwan diz que seu Escritório Econômico e Cultural em Los Angeles ativou planos de resposta a emergências. “O Ministério das Relações Exteriores envia nossas mais profundas condolências às vítimas e suas famílias”, disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Joanne Ou. 

Fonte: Guiame com informações de CNN News

COMENTÁRIOS