Atividades das igrejas são suspensas na Colômbia por ataques
15/05/2022 16:38 em Igreja

As atividades de grupos armados na Colômbia levaram o governo a suspender atividades de igrejas, enquanto cartéis de drogas pressionam pela libertação de Dairo Antonio Úsuga, conhecido como Otoniel, o homem mais procurado do país.O povo tem sido surpreendido por diferentes ataques que afetam a estabilidade da nação, incluindo ataques armados contra comunidades e ações terroristas.

Os grupos de guerrilheiros, paramilitares e traficantes de drogas, promovem ataques contra a população civil e Forças Armadas do país, bloqueando estradas, restringindo a mobilidade e forçando o fechamento de estabelecimentos, incluindo suspensão de aulas em escolas e universidades.

Entre os grupos envolvidos estão os guerrilheiros do Exército de Libertação Nacional (ELN), que anunciaram vários desses ataques. A maioria foi em fevereiro e causou sérios danos às estradas do país e na infraestrutura elétrica.

De acordo com as autoridades, desde que os ataques começaram na última semana foram registrados vários incidentes graves, entre eles, queima de veículos, incêndio de empresas, desalojamentos e assassinatos.

Segundo a Portas Abertas, no último domingo, 8 de maio, mais de duas mil igrejas não puderam realizar seus cultos devido a instabilidade no país.

Na Colômbia, quando um indígena se converte ao cristianismo, ele é forçado a sair do emprego e deixar o local onde morava. A organização tem pedido doações para conseguir ajudar esses cristãos a sobreviverem.

Fonte: Gospel Prime com informações de Portas Abertas

COMENTÁRIOS