Organização cristã pede ação urgente após massacre na véspera de Natal
03/01/2022 17:32 em Mundo

Após relatos de que pelo menos 35 civis foram queimados vivos em Mianmar, no sul da Ásia, na véspera de Natal, uma instituição de caridade cristã está pedindo à comunidade internacional que tome medidas urgentes

Christian Solidarity Worldwide (CSW) disse que a atrocidade foi realizada pelo Tatmadaw, o exército de Mianmar, no estado de Kayah. Entre as vítimas estão  idosos e crianças, seus corpos foram descobertos pelo Grupo karenni de direitos humanos (KHRG) no dia de Natal.

De acordo com Christian Today, a CSW também recebeu relatos de pessoas sendo usadas como escudos humanos e minas terrestres sendo colocadas ao redor das aldeias.

O massacre é o mais recente de uma série de ataques violentos que vêm acontecendo no estado de Caiá, que deixaram mais de 600 casas, seis igrejas e pelo menos uma clínica destruída entre maio e dezembro.

“Esses atos constituem claramente os piores crimes contra a humanidade e esperamos que todos os povos e governos em todo o mundo devem condenar esses atos”, disse o porta-voz do Governo de Unidade Nacional de Mianmar e enviado especial de Mianmar às Nações Unidas, Dr. Sasa.

Segundo Benedict Rogers, analista sênior da CSW, enquanto muitos celebram o Natal, o Tatmadaw continuou a cometer violações flagrantes contra o povo de Mianmar, queimando civis inocentes vivos e matando e deslocando centenas em ataques direcionados às nacionalidades étnicas e religiosas do país.

“Pedimos mais uma vez uma ação internacional urgente, e especificamente para a rápida e abrangente imposição de um embargo global de armas ao país como forma de pressionar o regime militar a acabar com essas terríveis atrocidades”, declarou.

Fonte: Gospel Prime

COMENTÁRIOS